Quem somos

O GTFI - Grupo de Trabalho dos Fornecedores Indiretos na Pecuária Brasileira - é o principal fórum de discussão sobre o monitoramento de fornecedores indiretos na cadeia de suprimento da carne bovina no Brasil

O GTFI reúne os diversos stakeholders da cadeia produtiva da carne bovina no Brasil para discutir soluções de rastreabilidade, monitoramento e transparência com foco no controle do desmatamento em fornecedores indiretos.

Acreditamos que a rastreabilidade é um dos mais importantes passos para atingir uma produção responsável e mais sustentável. Todos os membros do GTFI reconhecem o valor e a importância que uma melhor rastreabilidade e maior transparência trarão ao setor como um todo, e para atingir essa meta o Grupo está focado em explorar e avançar em soluções e ferramentas viáveis.

Objetivos do GTFI

Identificar, desenvolver e apoiar a implementação de soluções de rastreabilidade para fornecedores indiretos;

Comunicar desafios, oportunidades e progresso em direção à rastreabilidade dos fornecedores indiretos.

O Papel do GTFI na sociedade

O avanço das soluções de monitoramento e rastreabilidade para fornecedores indiretos ajudará a reduzir as lacunas existentes nos sistemas de controle de compras de gado e de carne, reduzindo riscos e contribuindo para o estabelecimento de cadeias de abastecimento livres de desmatamento.

Alcançar este objetivo, em escala, exigirá o suporte coordenado de toda a cadeia de valor através do GTFI, passando por pecuaristas, frigoríficos, redes de varejo, empresas de geotecnologia, organizações não governamentais e instituições financeiras.

Disponibilizar soluções viáveis e eficientes para o monitoramento dos fornecedores indiretos é um passo imprescindível para a redução do desmatamento associado à pecuária.

Há mais de 30 anos o Rabobank vem atuando no desenvolvimento sustentável do agronegócio no Brasil. Cientes dos desafios da cadeia da pecuária no país, acreditamos que somente por meio de ações conjuntas e bem coordenadas como a do GTFI, com envolvimento de representantes de todos os elos da cadeia de produção, poderemos encontrar as soluções para os avanços necessários.

Thais Fontes / Gerente de sustentabilidade

Banco Rabobank Internacional do Brasil

O Grupo Carrefour Brasil acredita no desenvolvimento sustentável da pecuária brasileira e, por isso, participa e colabora em grupos de trabalho como o GTFI, que possibilitam diálogo e ações práticas para o envolvimento e aprimoramento de todos os elos da cadeia produtiva e de consumo.

Lucio Vicente / Head de Assuntos Corporativos e Sustentabilidade

Carrefour Brasil

O frigorifico Frialto vem trabalhando desde 2018 com o objetivo de desenvolver uma cadeia de fornecimento livre de desmatamento na produção de carne bovina para atender as exigências do mercado e seus compromissos socioambientais, usando ferramentas que auxiliam nas tomadas de decisões mais eficazes e auxiliando a reabilitação de fornecedores bloqueados. Dentro desse trabalho, o frigorífico passou a participar do GTFI, pois acredita que o tema é de suma importância e as discussões conduzidas dentro do Grupo ajudam a companhia a entender melhor sua cadeia de fornecimento e o papel dos fornecedores indiretos.

Jackson Graf / Diretor Administrativo e de Sustentabilidade

Frialto

Pela sua estratégia de sustentabilidade e sua Política socioambiental de compras de carne bovina, o GPA considera os princípios de transparência e de colaboração elementos chaves para mudanças estruturais da cadeia de valor. Por isso, o GTFI se mostra como uma plataforma completa que possibilita que os atores da cadeia construam juntos soluções para o desafio do monitoramento dos fornecedores indiretos.

O GPA, por meio das suas bandeiras Pão de Açúcar, Extra, Assaí e Compre Bem, vem participando do GTFI desde a sua criação, reforçando a nossa co-responsabilidade pela promoção de ações afirmativas nossa cadeia de valor para combate ao desmatamento e conservação dos biomas.

Susy Yoshimura / Diretora de Compliance e Sustentabilidade

GPA

A ICEC  se compromete com o fornecimento responsável de peles e couros através de atividades de certificações. Como parte deste compromisso, nós nos envolvemos em grupos multissetoriais para ajudar a construir soluções pré-competitivas para desafios críticos de sustentabilidade.

Para nós, o Grupo de Trabalho de Fornecedores Indiretos (GTFI) é um fórum importante no Brasil para avançar em soluções práticas que ajudam a melhorar a rastreabilidade e o monitoramento na pecuária. Melhorar a rastreabilidade e expandir o monitoramento do desmatamento para cobrir fazendas fornecedoras indiretas no brasil é extremamente importante para a ICEC para garantir que possamos continuar a cumprir os nossos compromissos junto aos nosso clientes no mundo inteiro e também para garantir que contribuamos positivamente com resultados mais sustentáveis no setor do couro, que beneficiem pessoas , animais, negócios e o planeta.

ICEC – Instituto de Certificação de Qualidade para o Setor de Couro

Para a Marfrig, a temática dos fornecedores indiretos é central e está como um dos pilares do Plano de Sustentabilidade Marfrig Verde +. Somos participantes do GTFI, o qual promove discussões e indica diretrizes que são importantes para o desenvolvimento de soluções que sejam práticas e eficazes e que deem visibilidade a esse elo da cadeia da carne bovina

Paulo Pianez / Diretor de Sustentabilidade e Comunicação

Marfrig

A idealização do Grupo de Trabalho dos Fornecedores Indiretos foi um marco no setor. Os desafios na rastreabilidade atingem a cadeia como um todo e acreditamos que a união de esforços por todos os elos é fundamental para seguirmos com avanços e melhorias nessa ponta da produção. Por isso estamos firmes no propósito de apoiar e contribuir efetivamente com essa agenda. Para nós, é motivo de orgulho estarmos 100% em conformidade com o CPP por sete anos consecutivos e obtermos os melhores resultados do setor no TAC da Carne.

Nosso objetivo é que o mesmo êxito se repita no monitoramento dos fornecedores indiretos. Afinal, na Minerva Foods, temos o compromisso com a pecuária e crescimento sustentável desde o campo à mesa dos nossos consumidores.

Taciano Custódio / Diretor de Sustentabilidade

Minerva Foods

O GTFI se debruça sobre um tema complexo e delicado, porém decisivo para o avanço dos esforços contra o desmatamento na cadeia produtiva, emprestando valioso suporte aos TACs da Pecuária no Pará. Sabemos que não há fórmula mágica: apenas uma solução articulada, levando em conta os diferentes atores da bovinocultura, tem chance de êxito.

É precisamente isso que o GTFI tem construído, dialogando e mapeando boas práticas, e por esse motivo a iniciativa conta com total apoio do Ministério Público Federal no Pará.

Ricardo Negrini

Ministério Público Federal – Pará

A indústria frigorífica em conjunto com o varejo e empresas de geotecnologia vêm desenvolvendo soluções de monitoramento socioambiental da cadeia da carne a mais de 10 anos. Neste contexto, o GTFI é de fundamental importância para que todas as empresas envolvidas possam trocar informações e compartilhar experiências, somando esforços para a construção de uma estratégia conjunta para enfrentar o complexo desafio dos fornecedores indiretos. As discussões do GTFI trouxeram importantes avanços no entendimento dos melhores caminhos para o monitoramento dos fornecedores indiretos e das boas práticas de monitoramento da cadeia da carne como um todo e tem contribuído sobremaneira para o avanço da implementação de mecanismos de rastreabilidade na pecuária brasileira.

Jordan Timo Carvalho / Diretor

Niceplanet Geotecnologia

Membros

Quem faz parte do GTFI

* A adesão dos membros ao GTFI é voluntária

Nossa história

Junho 2015

1o Workshop GTFI

Início da discussão do tema de indiretos e mapeamento das iniciativas existentes.

Fevereiro 2016

2o Workshop GTFI

Formalização do GTFI e definição dos objetivos.

Novembro 2016

3o Workshop GTFI

Desenho e discussão da proposta para monitoramento de indiretos.

Após uma extensa revisão das opções disponíveis para a rastreabilidade na pecuária, os membros do GTFI chegaram ao consenso que a integração de CAR e GTA representava a solução mais viável para melhorar os sistemas de rastreabilidade existentes no Brasil a curto e médio prazo. Como os sistemas de GTA e CAR já existem, eles podem prover uma solução de melhor relação custo – benefício, capaz de ganhar escala e ser implementada rapidamente com pouco ou nenhum custo e trabalho adicionais.

Outubro 2017

4o Workshop GTFI

Alinhamento sobre os desafios dos frigoríficos do estado do Pará na implementação do monitoramento dos fornecedores indiretos.

Dezembro 2017

5o Workshop GTFI

Apresentação de Business Models e ferramentas para monitoramento dos fornecedores indiretos.

Março 2018

6o Workshop GTFI

Discussão com empresas de geotecnologia sobre os principais desafios técnicos para o monitoramento de fornecedores indiretos.

Março 2019

7o Workshop GTFI

Acordo sobre as Boas Práticas para Implementação de Sistema de Monitoramento de Fornecedores indiretos na Cadeia da Pecuária.